Não mexe comigo!

Ah, que brava e nervosa e puta e com vontade de socar que eu tô!

Internet, uma merda bem enorme e fedida; faculdade, uma confusão; tempo, para nada.

A tecnologia resolveu vir contra mim, para variar. Foi só elogiar e olha só o que ganho em troca: acessos negados, computador travado, coisas desligando e fechando sozinhas, msn caindo. Tá uma belezura!

Por que as pessoas complicam o que é simples? Afinal de contas, estamos em um curso de comunicação (no quaaaaaarto ano) e ninguém entende ninguém. Falamos todos a mesma língua? Ou gostamos de ficar lá, horas e horas, falando cada um a mesma coisa, mas com palavras e formas diferentes? Povo estranho! Não que eu seja um exemplo de pessoa que se comunica extremamente bem e que só com um olhar consegue dizer: “Por favor, você poderia me dar um capuccino e um pão de queijo bem gostoso. Quanto custa?” ou então “Acredito que a mídia impressa deveria tomar mais cuidado com a apuração dos fatos, assim como com a forma de escrever, a qual pode ser decisiva para a compreensão completa ou quase do leitor que pode pertencer a várias camadas da sociedade e viver alguns temas abordados diariamente, como por exemplo o transporte público que a cada dia fica mais caro, com menor qualidade e mais lotado”. Certo?

E acordo cedo, e pego carona, e pego ônibus, e ando, e ouço música, e faço carinho num pug, e chego na facul, e falo com todos, e entro na aula, e falam, falam, falam, e falo, e saio, e como, e pego livro na biblioteca, e ando, e pego trem, e ando, e entro, e trabalho, e fico brava, e, e, e… Tudo em minutinhos… O dia fica curto! Preciso de algumas horas mais! Alguém pode me dar?

Mas vou deixar de ser ranzinza e falar alguma coisa legal. Meu professor, orientador do TCC, gostou da minha ideia. Iurru!!! Porém ainda não vou contar sobre o que escreverei. MISTÉÉÉÉÉRIOOO!!! Posso dizer que é uma desculpa para falar de São Paulo, posso engordar bastante até o final do ano, será um livro-reportagem, farei um blog para registrar o andamento da pesquisa e tô contente pacas com isso. Ah, e tô fudida também, mas isso é mero detalhe.

E vai ter tabule(i) na janta! Yes!!!

Uma pérola de Max (rapaz que estuda comigo, conhecido pelas belas frases que diz de repente desde o primeiro dia de aula): “Eu vou chutar o pau do balde!”. (Expressão meio pornográfica!)

 

OBS: Estava emburrada no trabalho, pedi ajuda para o Rodolfo e ele veio com chá mate e passatempo. Pode isso!? Valeu, querido! Salvou meu dia!

OBS2: Sim, fico mais calma com chocolate, chá mate e coisinhas gostosas.

OBS3: Não, não adianta falar que vai ficar tudo bem e vai passar. Isso só piora.

OBS4: Felipe Andreoli, ainda te encontro por aí, rapaz. E te dou um feliz aniversário pessoalmente. Beijomeliga

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s