Um pug para chamar de meu

Fazia tempo que não me sentia tão pressionada. Um professor da faculdade começou o semestre nos fazendo tantas perguntas que me senti num episódio de CSI (Miami ou Las Vegas, tanto faz!). Quais teorias vocês conhecem? O que é a Teoria do Caos? E a da Complexidade? Qual o principal representante dessa teoria? O que é Análise do Discurso? O que o Jornalismo tem a ver com tudo isso? Como eles se relacionam? Ahhhhhhhhhhhh… Não sei, não sei, não seeeeeiii… São 8 horas da manhã de uma quarta-feira e mal acordei ainda! Credo! Nem meu pai e minha mãe me fazem tantas perguntas quando vou sair. Param na: “Tá levando uma blusa?”. Nem meu nome ele perguntou? Só faltou querer anotar meu RG e registrar minha digital, quem sabe a “marca” da minha íris. Por favor, professor, não faça mais isso conosco! (Conosco??? Que chique!)

E ontem, indo para casa (sai da Osesp às 20h. Detalhe: ela fica na Praça Júlio Prestes, próximo à Estação da Luz, um horror), a caminho do metrô, um doido, falando sozinho é claro, e com uma caneta na mão, me atacou. Enfiou a mão e a caneta no meu cabelo e puxou. Assim, de uma vez só! (Consegue ver? Assim ó! Viu? Assim!) Sem querer ser trágica, mas, mais um pouquinho, ele me machucaria mesmo, podia cravar a caneta em minha cabeça (noooooossa, que exagero!), aquele desgramado (sim, desgramado -desgramado = desgraçado, mas amenizado- para não usar outras palavras, que inclusive utilizei na hora. Por exemplo: fdp, louco, MTHFCK, vagabundo, corno etc. etc. etc. Um horror no meio da rua). Acho que usei todo meu vocabulário de baixo calão (nunca escrevi isso). E, modéstia à parte, ele não é tão pequeno assim, afinal de contas são 23 anos de vida, passei por muitos lugares, conheci muitas pessoas e aprendi várias palavrinhas feias. Em outras línguas também.

E fui à XEROX. Ainda não tinha caído a ficha que as aulas tinham realmente voltado. Mas quando entrei na XEROX saquei: “Acabou!”. Buáááááááá…

O cinema me espera. Vou assistir Verônica, filme brasileiro do diretor Maurício Farias, estrelado por Andréa Beltrão (d’A Grande Família) e Marco Ricca (procura no Google que eu tô com preguiça). Depois faço aquela crítica caprichada que costumo escrever.

Ah, o cinema! Ah, que beleza! Um dia você verá meu nome aparecendo na telona, ok?! Pode esperar e verá! Iupieeeeeeeee!!!

O pug de ontem não sai de minha cabeça. Acho que o dono dele pensou que eu era meio tarada, sabe?! Ele lá, roncando para mim (na verdade, ele faz isso normalmente, é incontrolável), eu o acariciando, o dono falando de como é a raça, eu falando da Atena (minha pinscher), e acariciando aquele pelo fofo, o pug lá, adorando a situação (pelo menos, eu acho. Ele não reclamou). Ah… Eu quero um! Enquanto não posso, todas as vezes que encontrar o Mister Chan (esse é o nome do pug) na rua, vou abusar dele. Hihihi…

OBS: Bichanos, não tenham medo de mim! Não costumo fazer mais do que carinho em cachorrinhos e cachorrões (sem duplo sentido isso aqui, certo?!).

OBS2: Será que você poderia me indicar alguma banda ou cantor(a) novo(a), porque não consigo parar de ouvir Damien Rice e James Blunt. Valeu!

Anúncios

2 comentários sobre “Um pug para chamar de meu

  1. disse:

    Hey Paulets, olha eu aqui de novo… Você vai se encher dos meus comentários. hahaha

    Ouvi a história do louco no metrô pessoalmente, mas ao ler “Enfiou a mão e a caneta no meu cabelo e puxou. Assim, de uma vez só! (Consegue ver? Assim ó! Viu? Assim!)”, rolei de rir. hahaha Fiquei só imaginando os seus gestos.

    E quanto ao professor de hoje, concordo com você. Fiquei extremamente intimidada, principalmente por ter sido a primeira a passar pela inquisição. Não gosto desse tipo de pressão não… Parece que sou muito incompetente, que não consigo perceber a coisa mais óbvia do universo.

    E vou pensar em alguma dica musical pra você. Mas não prometo que seja algo novo, você sabe que sou fã das antigas. Quem sabe não encontro algo que você ainda não ouviu… ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s