Um dia de descobertas e tiradas

Primeiramente, descobri como fazer essa carinha: ¬¬

Sim, eu sei que é ridpiculo, mas eu descobri e sozinha. Lá vai outra: ¬¬

Além disso, descobri outros símbolos. São eles: ¹²³£¢¬§ªº°

Lindos, não?

Depois, o Flávio que trabalha comigo, após muito me ouvir falar sozinha e perguntar coisas para ele (significado de algumas palavras em inglês), me chamou de pândega. Ou seja:

pândega
pân.de.ga
sf pop 1 Festa ruidosa, com comes e bebes. 2 Estroinice, patuscada. 3 Vadiagem alegre e ruidosa.

Disse ele que não me chamou de vadiagem e nem de festa ruidosa, apenas alegre e ruidosa, mas sabe como é, vi o significado inteiro no dicionário. Hahaha…

Ah, e o dono do Capuano me disse, após agradecer sua atenção e paciência comigo: “De nada. A casa é aberta!”

Ok, hoje foi o dia…

E segunda-feira, estava eu no ônibus, quando um rapaz pegou no meu braço rapidamente e soltou. Olhei para ele e ele disse: “Desculpa, pensei que era o ferro!” Eu, automaticamente, respondi: “Ô loco!” Ele, meio sem graça e provavelmente pensando que eu poderia ter sido um pouco mais educada e simpática: “O sol me atrapalhou!” Ou seja, meu braço parece um ferro de ônibus e é verde limão!

OBS: Deixe aqui também sua tiradinha engraçada que se refira a mim.

Anúncios

6 comentários sobre “Um dia de descobertas e tiradas

  1. Monks disse:

    Hahaha! O cara ainda queria que você fosse simpática depois de confundir seu braço com o ferro do busão? ¬¬ rs

    beijos!

  2. Paula disse:

    Eu falei “ô, loco” e depois fiquei rindo por um bom tempo sozinha…
    O cara me ofendeu, mas acho que foi muito sem querer mesmo. No sense total!
    Como diz minha mãe: Quanto mais eu rezo, mais assombração aparece!

  3. Marcus Antonius disse:

    Desde que te via sempre reparei que vem perdendo peso gradativamente, mas ser confundida com ferro de busão…
    Tá se alimentando bem?
    ¬¬

    meldels…

  4. Paula disse:

    Como assim venho perdendo peso gradativamente??? Se for assim, era para eu ter sumido há alguns anos já…

    O cara que tava doido!
    Vê se pode: eu = ferro de busão… Putz…

    Ei, ele não quis dizer que todo mundo passa a mão em mim, né?! Até porque eu nem conhecia o ser humano e mesmo que me conhecesse saberia que eu não sou tão fácil assim… Hahahahaha!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s