Feliz dia do desemprego

Para não fugir do “positivismo” que sinto, vou descomemorar o dia do trabalhador, já que não trabalho, então fui excluída dessa comemoração e isso me faz sentir um zero à esquerda, pois o dia deveria ser do trabalhador, do que pretende ser trabalhador, do que deixou de ser trabalhador, do que tem preguiça de ser trabalhador, afinal de contas, vivemos num país democrático, que nem sempre é democrático, mas assim é denominado.

Só escrevi tudo isso para confundir, isso porque é me desorganizando que posso organizar e é me organizando que posso desorganizar, entende?

Dessa forma, vocês, caros leitores, podem notar como está a sanidade dessa blogueira de meia tijela, já que estou distante já faz um tempo.

Sim, podem me punir, eu mereço e a culpa é sempre minha.

Anúncios

2 comentários sobre “Feliz dia do desemprego

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s