Meus pais

Meu pai passou por meses difíceis. Enfrentou um câncer no intestino que nos pegou de surpresa, assim como um câncer deve vir para qualquer pessoa.

A família toda ficou abalada, mas foi aí que percebemos como somos fortes e sábios, pois, mesmo com estresse e nervosismo à flor da pele, o amor esteve acima de tudo e de todos. Mostramo-nos unidos a cada passo dado.

Os amigos, os verdadeiros amigos, sempre estiveram por perto e permanecem próximos. Aqueles que realmente desejam o nosso bem não questionaram e não cobraram, apenas estavam por perto para ajudar, dar sugestões e aquele ombro amigo verdadeiro.

Todos agitados e meu pai lá, calmo (nem que fosse apenas aparência) e positivo. Sua fé, inabalável. Seus valores, mais fortes do que nunca. Sua essência, imutável.

Acho que descobri porque sou assim.

Nem preciso falar sobre minha mãe, a mulher mais companheira e forte que conheço. No começo, balançou, mas se fortaleceu de uma forma incrível. Que mulher!

Meu pai e minha mãe se completam perfeitamente. Peças feitas uma para a outra na medida certa.

Hoje meu pai está no fim do tratamento, esperando OK da médica para voltar à vida comum, cheia de trabalho e sem limitações. Não que ele tenha parado de trabalhar durante a quimioterapia. Nada abalou a força e a sabedoria desse homem, meu pai, Paulo Sérgio!

Também tenho outro pai, meu avô José. Não tenho palavras para descrever o que sinto por ele. Só o admiro muito. Muito mesmo. Ele que me ensinou a ser palmeirense, assistir Os Três Patetas, assoviar, andar de bicicleta, gostar de coisas simples e levar a vida numa boa.

Ser taxista aos 80 anos não é para poucos!

E também tem aquele responsável por incentivar meus estudos, meu tio Ronaldo. Cursos e cursos e passos dados à frente na carreira e na vida pessoal!

E falta um papai ainda. Aquele que resolveu partir para um lugar mais divertido e legal, meu avô Pedro, que aos 93 anos cansou da Terra e foi manter sua horta linda em outro terreno. Os momentos na casa dele fazem parte de minhas memórias mais lindas da infância!

 

Obrigada aos papais de minha vida!

 

Obrigada pai por você e a mamãe terem colocado em mim o seu nome (versão feminina) e junto com ele passarem para mim os valores mais lindos e importantes!

 

Obrigada!

 

Amo vocês!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s