Eu só quero chocolate

Quantas pessoas não são chocólatras nesse mundo? Eu sou uma e a dependência é tanta que, quando bate a vontade e não tem como sair correndo até uma Lojas Americas e comprar uma super barra de Hershey’s Ovomaltine por apenas R$ 3,99, pego um potinho, coloco Toddy, açúcar, mexo tudo e pronto… Adoooooro! Faço isso desde meus poucos anos de idade e batizei essa delícia de “poeirinha”. Entendeu? Poeirinha! É isso mesmo!

E qual é a melhor (ou uma das melhores) data de comemoração cristã? A Páscoa!!! Não pelo o que ela representa (que me perdoem todos), mas sim pelo o que fizeram com esse dia, transformando-o numa mera data comercial. Eu gosto mesmo é de chocolate e nada melhor do que uma desculpa para comer essa delícia.

A ideia era fazer um post bem mais legal, mas meu tempo é curto hoje, tem formatura da minha irmã e lá vou eu arrumar o cabelo, fazer a maquiagem e me colocar dentro de um vestidinho fashion.

Então até mais e lá vamos nós atrás das tortas de chocolate que eu sei que oferecerão para nós…

.

.

.

OBS: Um dia perguntei para um amigo se ele gostava de Muse, a banda, e ele entendeu “mousse, de preferência de chocolate”. Viu!? Isso é que é adorar esse doce magnífico.

.

OBS2: Hoje é dia do cacau e do chocolate.

“Dizem que eu falo demais…”*

Tem muita coisa para falar, pouca paciência e pouco tempo para escrever e quase nenhuma memória (tenho memória de peixe de aquário) para guardar tudo para próximos posts. Para você ter uma noção de como a coisa é trágica, ando com um caderno e vou escrevendo os estalos que tenho na cabeça para não os deixar partir assim, sem mais nem menos, sem me avisar, sem deixar uma carta, uma explicação… Buaááááá…

Meu nariz entupiu de uma forma que não consigo respirar! Tenho que ficar de boca aberta. Parece que tenho problemas. Peraí que vou pingar remédio (ou seja, vou me drogar e já volto!)!

Antes de qualquer coisa, quero explicar uma coisa que faço para você não achar estranho e depois tentar me matar, ok?! É o seguinte: às vezes você deve entrar aqui, nesse blog lindo e cheio de palavras, e encontrar um ponto no título e outro no texto, ou então algumas coisas que não fazem sentido. Por que faço isso? Para te deixar louco(a)? Não, é que algumas vezes não tenho tempo de postar no dia e para não perder a data no calendário que fica aqui do lado direito, eu posto alguma coisa e no dia seguinte coloco o texto certinho. Certo? Então não estranhe, não ache que estou trapaceando, porque isso é uma questão prática e de extrema organização. E olha que mesmo assim fica bagunçado às vezes. Bom, é isso! Qualquer dúvida ou sugestão, é só me enviar. Aceito com prazer!

Ultimamente alguns problemas com assinatura de revista estão me encomodando. Sou assinante da Rolling Stone, da piauí e da Bravo!. A RS nunca chega em casa antes de chegar às bancas, cosuma chegar uma semana depois ou por aí. Ou seja, um tanto quanto atrasada. A piauí costumava chegar uns dias antes ou no mesmo dia. Nesse mês a data prevista para a entrega era 6 de fevereiro. Liguei reclamando e a mocinha me disse que pode ter ocorrido um extravio. Como assim? Extravio! O cara da entrega teve que cagar no matinho, não tinha papel e ele usou minha revista? Resultado: Comprei a revista um semana depois da data prevista de entrega de manhã e à noite o porteiro me ligou avisando que a piauí estava lá embaixo. A sorte e que já consegui vender a que tinha comprado. O bom é que como já tinha ligado para reclamar do atraso, a mocinha perguntou se preferia o reenvio da revista (mas ela só chegaria dia 21 de fevreiro) ou que outro número fosse entregue no final da assinatura. Escolhi a segunda opção. Eeeee… A única que não me dá muitos problemas é a Bravo!. Chega lá para o dia 10 e ponto.

Qual é a vantagem de ser asinante de algo se você não recebe antes, se não chega em casa na data prevista? Editoras queridas do meu coração, não me façam ficar louca, ok?! Sou uma pessoa ansiosa e quero tudo aqui no dia que dizem que entregaram. Nunca vou assinar jornal! Ficar tensa todos os dias? Hahahaha… Sou louca e de aquário mesmo!

O quê? O que que eu fiz? Que é?

O quê? O que que eu fiz? Que é?

Eu sou louca e minha cachorra também. Que ela é estressada, todos nós sabemos, afinal de contas, ela é uma pinscher, mas que era louca?! Agora ela rosna para todos, aé para minha irmã, mãe dela. Quer morder todo mundo, está cuidando de um brinquedinho dela, vai para cima e para baixo com ele, morde a toalha da mesa, a almofada, o sofá, o cobertor. Cara, tá fóides o bagulho! Bater é impossível, não faço isso. Gritar não adianta, ela late mais alto do que eu grito. Ou ela grita mais alto do que eu lato!? Enfim! Acho que vou dar chocolate para ela. Sempre funciona comigo!

Falando em chocolate, acabei de comer um super pão de mel coberto com chocolate recheado com doce de leite e tudo o que tenho direito. Esse foi meu almoço. Ai, que gostosinho!!! Hum…

E hoje a noite tem jantar e balada de aniversário. Agora é sério, não vou fugir! O jantar será no Matsuya de Perdizes, que fica na rua Bruxelas, e a balada no CB Bar (www.cbbar.com.br). Está convidado(a)! Aparece lá para curtir comigo esse mês especial!

 

OBS: A meta é beber, não cair e dançar! Eu já disse isso! Quero tomar pina colada e sex on the beach. Noooooooossa! É hoje!

OBS2: *O título desse post é um trecho de uma música de Maysa, minha mais nova ídola. Quem quiser me dar a biografia e o cd duplo dela, fique a vontade. Não reclamarei nem um pouquinho! Eu e meus pedidos! POBREEEE!!! Hahaha…

Só o pó

Eu desliguei hoje. Apertaram algum botão em mim e puntz… Apaguei! Credo, sensação horrível… E quando não consigo postar, fico mal. Viciei nisso aqui.

Na verdade, acredito que consegui criar a rotina e o costume de escrever diariamente e me sinto bem fazendo isso. Não por ser um desabafo diário, mas por conseguir me expressar, por tirar sarro de mim mesma e por ter pessoas interessadas em compartilhar esse universo que eu criei e que todos nós criamos para sobreviver.

Esse blog começou como uma ordem que dei para mim mesma, agora se tornou prazer e estou ficando cada vez mais segura e confiante em minhas palavras. Posso cometer vários erros de português, mas prefiro me arriscar, errar, receber criticas e melhor, sempre evoluir.

Tô sentimental, não é?! É que outras coisas me encheram de alegria essa semana também. Reencontrar pessoas que gostam de você, que conversam, que fazem planos e que estão felizes por estarem lá. Tá certo que ninguém ama acordar cedo, pegar trânsito, ir para a faculdade e ficar lá zumbizando, mas conversar com os amigos é sempre divertido.

Hey, Wonka! Quero ir à Fantástica Fábrica de Chocolate!

Hey, Wonka! Quero ir à Fantástica Fábrica de Chocolate!

E eu ganhei presentes incríveis. A Dé me deu uma WONKA BAR e WONKA BALINHAS QUE MUDAM DE COR. Sensacional! O chocolate é uma delícia indescritível. Podia vir com um Johnny Depp (Willy Wonka) dentro, juro que não reclamaria! E as balinhas mudam de cor mesmo. O mais engraçado foi minha mãe, minha irmã e eu, uma mostrando a língua para a outra para ver se tava de outra cor: “E aí? Já mudou?” “Não” “E agora?” “Ainda não!” “Ah, mudou, mudou!” “Eeeeeeeeeeeee”. Comemoração geral! Três antas! Hahaha…

Também ganhei Talento de chocolate branco com frutas vermelhas do Flávio. Adorei! Mas também tô achando que as pessoas estão querendo me engordar. Eu tô bem, viu!? Tô com meu peso certo, minha altura certa (se é que ter 1,55 m é certo), como bem (comer chocolate todos os dias significa comer bem, certo?), estou bem, só não faço atividades físicas regularmente, mas isso é mero detalhe. (Eu corro atrás de ônibus, para pegar metrô e trem todos os dias, isso vale?)

 

OBS: Por que canto alto quanto mexo no computador? Que efeito é esse que a internet tem em mim?

OBS2: Quem inventou essa expresão? “Tô só o pó” E “Tô só o pó da rabiola?” Como assim? Eu nunca vi o pó da rabiola. Pode ser porque nunca empinei pipa. Você sabe me explicar essa expressão?

Gravidez musical

Ficar grávida deve ser mágico. Ter alguém crescendo dentro de você provavelmente é uma experiência única. Imagina ficar lá conversando com sua própria barriga, sentindo ela se mexer ao mínimo estímulo. Sentir ela viva quando diz seu nome ou canta uma canção. E também essa é a única forma de ser punida imediatamente com uma dor profunda quando fala alguma besteira. Putz! Vou pensar várias vezes antes de ter um nenê. Ele já vai nascer com vergonha de mim e não chorará, mas sim dirá: Noooossa, mãe! Fica quieta, por favor! Será que serei uma bola de futebol ao contrário, recebendo vários chutes vindo de dentro para fora? Será que serei uma boa bola? Hehehe… Bom, isso só saberei daqui a alguns muitos muitos muitos anos.

E me enchi de drogas altamente viciantes hoje. Culpa da chefinha (que é um amor e uma pessoa muito especial que provavelmente veio de outro mundo – não é “puxassaquismo”). Ela levou canudinhos com chocolate, balas de caramelo e chocolate amargo suiço com menta, o melhor da face da terra. Já como devagar, esse então!? Demorei uma hora para comer um pedaço de 8×5 cm. Delicioso! Comer é bom demais! (Olha a mente poluída!)

E a música do mês é “O velho e o moço”, de Los Hermanos. Meu, sem comentários! Só um trechinho:

“E se eu for o primeiro
a prever e poder desistir do que for dar errado?

Ahhh, ora, se não sou eu quem mais vai decidir
o que é bom pra mim?
Dispenso a previsão.

Ahhh, se o que eu sou é também
o que eu escolhi ser aceito a condição.

Vou levando assim.
Que o acaso é amigo do meu coração
Quando falo comigo, quando eu sei ouvir…”

Amanhã (hoje mais tarde, a noite), tem James Blunt! E que empolgação! Tõ quase tendo um treco de ansiedade. E adivinha só? Vou sozinha! Pode ver (ler) que sou uma pessoa extremamente independente. Tão independente que meu corpo costuma ir trabalhar sozinho, o restante fica dormindo. Uma beleza!

Uma campanha: Não jogue lixo no chão, PORRA! Por favor! Não falo que as pessoas devem ser porcas e morar num chiqueiro porque isso me agride esportivamente! E uma dúvida: Por que chamam palmeirenses de porcos? Foi um apelido carinhoso dado por um gambá? Porque só um corintiano para fazer isso! Melhor não supor as coisas e pesquisar ou então aguardar a resposta de um fofo leitor ou uma fofa leitora.

E tem jogo! Libertadores! Ahhhhhhhhhhhhhhhhh…

Cara, sou muito atrapalhada! Acho que as pessoas ficam rindo de mim porque saio do metro meio dormindo, com mp3 na mão, livro na outra, blusa pendurada na mochila, mochila num lado só, pegando o bilhete único, desviando das pessoas, arrumando o óculos e tudo o mais. Eu deveria podersair de casa apenas com um cartão que eu pendurasse no pescoço e fizessse tudo. Poderia ser um celular ambulante também, com botões na barriga, visor na cara e sairia o som da minha bun**! Hei, isso não! Esquece essa ideia de ser um celular, ok?! Nunca falei isso antes!

 

OBS: Ventura, para mim, é o melhor cd de Los Hermanos. Ouço trocentas vezes por mês. E Just a fest, lá vou eu! Ficarei no gargarejo com certeza!

OBS2: Tem Fino Coletivo e Móveis Coloniais de Acaju na Choperia do Sesc Pompéia dias 30 e 31. Recomendo! Mais informações: www.zqndicas.blogspot.com

OBS3: Minha professora de espanhol me elogiou. Disse que tenho facilidade em aprender outras línguas. Não é uma beleza! Disse para eu não parar, para eu investir nessa língua mesmo que não seja lá onde eu faço que eu me darei bem! Yes… Quero dizer: Sí…