São Paulo não sabe nadar!

A chuva começou no início da tarde e não quiria parar não. São Pedro tava puto com alguma coisa, talvez com a poluição e o número crescente de carros na capital paulistana. Só sei que São Paulo parou e levou junto o grande ABC.

Ruas viraram clubes com piscinas imensas, porém imundas, carrinhos novos da Ford foram ensopados, carrinhos velhos encalharam, casas alagaram. O caos! Daí sou obrigada a ouvir na Rede TV: Vamos descobrir agora porque São Paulo alaga? Noooooossa… Que questão incrível! Por que será que alaga? Será que é porque ocupamos todo o espaço da natureza? Puta jornalismo de merda.

Outra coisa ruim foi aguentar uma hora de “MISTÉRIO” na Record. Será que essa mulher está grávida mesmo tendo 44 anos, ter feito operação para não engravidar mais há 16 anos, ou será gravidez psicológica? Que beleza de tv aberta!

Resumo: Cheguei às 22h em casa e assisti Sexto Sentido pela milésima vez.

 

OBS: I see dead people.

Anúncios

Convidada especial e estreia

Nada como um dia após o outro, principalmente uma segunda após um domingo. Ainda não descobri qual é pior.

Tudo começou com um despertador fdp às 5 da madrugada. Sim, era para eu e minha irmã acordamos para irmos para a faculdade e escola, respectivamente. Despertador toca, acordamos, ouvimos a puta chuva que cai lá fora e, ainda de olhos fechados, uma fala para a outra: “Putz, mó chuva!” “É mesmo!” ” Eu não vou sair de casa com essa chuva!” “Nem eu!”. Viramos e continuamos a dormir.

Às 6 meu pai me acordo: “Psiuuu, não vai pra faculdade não?”. A vontade era dizer: “Nunca mais!”, mas como tinha parado a chuva (droga), levantei. A Dri resolveu dar o cano o dia inteiro e nem se mexeu.

E lá fui eu, rumo à tortura…

Nada de aula, parecia ginásio, uma folha com questõezinhas para serem respondidas.Afff… Pontifícia, não faça isso comigo ebm no quarto ano, por favor!!!

Fui convidada especial do podcast Androceu. Um sucesso!!! Marina Dias, colega de classe, e eu, junto com os androceuticos Max e João, falamos sobre o Dia Internacional das Mulheres. Quem quiser conferir, em breve estará no ar no endereço www.blogandroceu.blogspot.com. Vale a pena ver todo o trabalho dos meninos. Eles tiveram essa ideia no primeiro ano de faculdade, criaram um endereço e os meninos, somente os meninos (por isso Androceu – dá uma googlada ai que você descobre o significa dessa palavra), publicam opiniões, matérias, crônicas, tudo. Com o passar dos anos criaram o podcast, a tv androceu e outras coisinhas super legais, principalmente o Andro Zine, do qual sou madrinha por causa da inspiração. (Sim, também sou zineira, caro leitor.)

Meninos, muito obrigada pelo convite. Adorei!!! Sucesso!!!

Almoço ligeiro e Osesp!

Depois, super curso de espanhol. A galera é muito louca! É todo mundo risonho. Adorei! A professora também me pareceu ser bem legal. É a Blanca, una profesora uruguaya! Hasta el miércoles! (Também sinto falta da outra professora. Débora, saudades!)

E adivinha só quem voltou? Quem? Quem?

CQC!!!!!

Quase tive um treco com a droga do atraso da Band. Querida emissora de tv, se divulgam 22h 15, iniciem a transmissão do programa às 22h 15. É uma imensa falta de respeito deixar um grande público aguardando por quase 15 minutos.

Mas foi para o ar o primeiro episódio do CQC 2009 com todos os meninos de preto fofos… Fala na cara, novo quadro, é incrível! O primeiro foi com Paulo Maluf. A galera teve a oportunidade de falar que ele é corrupto, perguntar onde foi parar nosso dinheiro, e ele sempre com aquele papo: “No meu governo, construi blá blá blá…”. E ele é tão cara de pau que saia da van, onde ficava com o Andreoli até ser chamado pelo Oscar, e dava um abraço no pessoal. Uma menina não aceitou. Ele é o maior cara de pau que existe na face da terra! Tá certo que quando o Bush pediu desculpas pelas merdas que fez antes de sair do governo norte-americano foi patético também.

E o Proteste Já foi ótimo como quase sempre (porque querendo ou não, tem dias que não tá lá essas coisas. sempre muito bem feito, mas nem sempre aquele arraso de acusação. só não quero ser injusta com o trabalho dos outros). O Rafinha mandou muito bem! Ele é foda! Fodão ainda não, mas em breve, já era… (no sentido de que daqui a pouco já será imbatível) Vala a pena ver todos os Proteste Já no Youtube. Arrange um tempinho aí em sua agenda e mãos a obra, companheiro!

Ah, depois fui para cama…

 

OBS: Tava com a macaca hoje!!! Não parei um segundo! Para você ter noção montei vários Guias Michaelis da Nova Ortografia no trabalho. Todo mundo tem um!!!

OBS2: Como deixar alguém muito, mas muito bravo? Entre no msn, jogue uma frase de efeito que faça a outra pessoa refletir ou não entender nada do que se passa, diga que está cansado e que precisa dormir e saia. A pessoa vai querer te matar, no mínimo.

Água, muita água

E o mundo caiu e quase fui junto! Que desespero!

Ruas viraram cachoeiras; avenidas, imensos clubes; casas, maguezais; carros, barcos; estacionamentos, piscinões. Que medo!

Não foi fácil ficar desesperada porque a água estava subindo em casa, mesmo morando num morro. Olhar para a rua e não vê-la, só ver água descendo loucamente ladeira abaixo. Ter um ralo entupido e a coisa ficando fora de controle. Ter seu pai taxista em alum lugar de São Paulo, no caso no Extra Interlagos que sempre alaga (ele estava na parte alta e nada aconteceu, ufa!). Ter seus avós no Shopping Interlagos e não conseguir falar com eles pelo celular e quando conseguir ouvir que caiu uma parte do teto do Shopping e teve correria e tal (eles estavam no Carrefour e longe do local em que as coisas despencaram).

Então já liguei para a Eli, contei para ela, ela ligou para um amigo do trabalho (uma emissora de tv), ele ligou para os bombeiros e depois me ligou dando mais informações. Tranquilizei-me, fui assitir jornais e ouvir rádios para ver/ouvir alguma coisa e nada. Quando mais preciso de informações, ninguém faz nada. Só tinha programa de namoro, matérias sobre raves, Sílvio Santos, futebol e etc. Um desespero grande! Mídia ineficiente. Queria tudo para ontem, ok?! (hahaha…)

Ah, o que aconteceu lá no shopping?! Caiu uma parte da entrada principal próxima à C&A. Pessoas feridas, mas nada muito grave. Acredito que susto tenha sido bem maior. Pelo menos é o que eu sei até agora. Cruzes!

E os preparativos para a super festança para nove pessoas começaram. Para deixar com vontade teremos pizza caseira da mamãe da Paula (ou seja, incrivelmente incrível e inesquecivelmente inesquecível), bolo prestígio, de mousse de maracujá e brigadeiro. Hahaha… Se eu não engordar, eu sou foda! Hahaha…

E nada de balada, tanto porque algumas pessoas lembraram que tinham outros compromissos como por causa da chuva que destruiu tudo inclusive minha (ins)estabilidade emocional que já não é lá essas coisas.

Mas semana que vem não tem desculpa… CB, lá vamos nós!

 

OBS: Na verdade ainda não me recuperei muito bem. Muita água, meu, muita. Se não estivesse em casa, acho que teria morrido de desespero. Afff…

OBS2: Olha lá, quem não for na minha festa sem ter um motivo muito bom, tá fu****!

Saudades

Mais um sonho! Agora foi com um amigo muito especial que está longe e de quem estou morrendo de saudades. Bruno, volta logo, querido! Não nos falamos mais, não li mais seus posts, tô sem notícias, não recebi mais mensagens pelo celular, nem mandei também. Já sei, amanhã te ligo! Espero que atenda! Muitas saudades! Cada vez mais forte! É tão bom sentir saudade assim, sem doer demasiadamente…

Falando em saudades, tô sentindo falta de um montão de gente! Lulu, Mônica, Eli, Di, Cíntia, Mayumi, Miyuki… Gente, não faz isso comigo! Msn e e-mail não são formas materiais de se conversar. Quero apertar vocês, olhar nos olhos, pegar na mão, essas coisas de amigos de verdade. Amo vocês, queridos!

E agora posso falar em espanhol com vocês! Hahaha… Pelo menos posso perguntar qual é o nome dos meus amigos (como se eu não soubesse), como chego à padaria, quantos anos têm, quando fazem aniversário, sei até descrevê-los. Que belezinha! Uma poliglota! (vixi, tadinha!)

Ah, São Pedro! Te enganei, né?! Sai um pouquinho mais tarde e você me perdeu! Hahahahahahaha… Depois peguei carona, e você me errou de novo. Hahahahahaha… Iurru! Meu pai mandou eu comprar galochas. Ele não aguenta mais minhas reclamações por ter os pés sempre molhados.

Uma história que merece ser contada: Um belo dia estava minha mãe fazendo a unha, minha prima de 7 anos viu e também quis fazer. Ela sentou na cadeira, colocou o pé no balde com água quente e começou a falar de seus “relacionamentos amorosos”. Ela tem um namorado que se chama Rômulo e, um dia qualquer, ele disse para meus tios, pais dela: “Não vejo a hora de casar e ter vários filhinhos!” Gente? Eles têm 7, SETE, SEVEN, SIETE, anos, years, años… Aiai… Mas não acaba aí, ela chegou para minha irmã nessas férias e disse: “Dri, por que você não tem namorado? Eu tenho!!!” Hahaha… Ela ainda tira sarro de nós, solteironas nessa cidade imensa! Fazer o quê? Hombres guapos se escondem!

Tô empolgada com o espanhol! Baixei várias músicas do Alejandro Sanz e da Julieta Venegas. Tem uma da Shakira e outra da Marisa Monte, mas essa não é em espanhol. É que a música é linda e achei no 4shared (programa para compartilhar arquivos gratuitamente)! Ouçam aí: Segue o seco! (Paula cantando afinadamente, o que não é muito fácil nessa altura do campeonato) Ó chuva preste atenção, se o povo lá de cima vive na solidão… LINDO!

Falando em campeonato, como será que meu time está? Sei que entrou gente, saiu gente. E vai, e volta… Quando eu decoro os nomes, tudo muda. Ninguém me ajuda! E ninguém quer me levar no estádio, né! Até nisso terei que ir sozinha? E é em shows, no cinema, na Liberdade, no shopping… Tô craque em passeios sozinha! Mas tudo bem, tá!? Só não vou na balada sozinha, não rola! AVANTI, PALESTRA!!!

Aiiii, um pernilongo! Mataaaa… Cara, ele é enorme! Ahhhhhhhhhh… Pega a girafa! Não, a vaca! Vai a girafa mesmo! Arraaaaaaaaaaa… MATEI!

Então, minha mamis e mi hermana voltaram! Ah, que alegria! Adivinha o que perguntaram quando chegaram? “E a barata?” Virou história mundial! Ia colocar um post it na porta do armário: Aqui jaz la cucaracha! Mas esqueci.

Poxa, acho que tá na hora de dormir! Buenas noches!

 

OBS: Fiquei feliz com as temporadas do Improvável e do Jogando no Quintal no TUCA e no TUCARENA. Tem mais informações no Zine Qua Non Dicas (www.zqndicas.blogspot.com). Besos, chico o chica!

OBS2: Girafa e vaca são nossos bichinhos de pelúcia. Tem cerca de trocentos em nosso quarto, meu e de minha irmã. Tem lula, coração, pinguim, canguru, touro, foca, monstro da tazmania (sei lá como se escreve isso!), elefante etc. Tem um Fofão também!

Línguas ansiosas de bom humor

Na Folha Teen de hoje (ontem, dia 26 de janeiro de 2009 – “Papo maluco” – link: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/folhatee/fm2601200909.htm), foi publicada uma matéria sobre jovens que inventam línguas para se comunicar com os amigos sem que outras pessoas compreendam o que estão falando e para que possam escrever em seus diários e fazer bilhetes os quais só eles compreendem. Alguns podem pensar: Nossa, que demais! Também quero! Mas para mim é bizarríssimo, com todo o respeito.

Um dos rapazes da matéria, um que inventou uma língua chamada teuto, disse que essa “é uma língua do tronco indo-europeu” e que a completou com “um pouco de protogermânico, sânscrito, protocelta, protoiraniano, grego e outras línguas antigas”. Hein??? Uma pergunta: e o português? Ele sabe escrever direito? Ele tem amigos para conversar com ele em teuto?

Essas respostas e outras vêm com o depoimento do criador da mu lanc: “Uso para fazer anotações no meu diário. Meus amigos sabem, mas não se interessam. Mas eu também não me interesso em ensinar, é uma coisa minha, para exercitar minha criatividade”. Ou seja, o cara se isola, mas tá tudo bem, ele é um gênio criador de línguas mesmo. Qual a utilidade disso?

Outro ainda diz que, para se inspirar, procura verbetes em idiomas que não conhece na Wikipedia e, dessa forma, descobriu “que há várias maneiras de se expressar”. Inclusive tem uma forma muito interessante, é falar e escrever numa língua que se chama… peraí… deixe me ver… é… PORTUGUÊS!

Gente, tô bege! Como assim? Essa galera tá meio perdida, é isso? Tão criando novas línguas sendo que mal conhecem a mãe (a língua mãe). Eu não sou a rainha do português, mas me garanto em algumas coisas. Cara, que medo! Tô com medo… E essa galera tem a minha idade ou é mais nova do que eu. Será que vou ficar assim, será que de repente vou começar a escrever de uma forma que só eu entendo e vocês não compreenderão mais nada? Será que aguhja bincofre jiruncrisp fetifuncqki? Blumptis caft?

Hehehe…

O pior é que a Folha pega e faz uma matéria sobre isso e coloca no caderno para adolescentes. Agora vamos andar por aí ouvindo os grupinhos falando jkhausiy ihfemenf niehfrbnsljdfhi foiuehyfe. E o carinha sentado no chão escrevendo em seu caderno ljasdh uhefoenrf ihsfwsnf, pim. Terrível essa visão, não é? Talvez qualquer coisa seja melhor que o miguxês. NaUm Eh, PeXuAlLlL?…

Mas chega disso, de tanta baboseira!

Tava mexendo nos blogs dos meninos do CQC, comentando alegre e contente, até que a alegria passou e uma sensação estranha veio. Por que comento em blogs de famosos (falando igual ao Silas, santistas, taxistas – personagem do Marco Luque)? Será que alguém lê, será que eles leem, será que ninguém lê? Qual a função dos comentários? Hein, por que você comenta em blogs? Por quê? Me diz? (Ai, que pressão!)

Acho que acabo não me ajudando assim, já que a ideia é tornar esse blog bem lido por aí. É um paradoxo isso! Estranho! Mas calma! Já passou, foi momentâneo. Logo depois cliquei no enviar, coloquei aquelas letras e números doidos e o comentãrio fui publicado. Agora já era!

Meu humor também oscila assim como a minha opinião sobre algumas coisas. Passo da extrema alegria e empolgação para a extrema depressão e “achamento de ser uma bosta gigante” em questão de segundos. É… hormônios!

Sem contar a ansiedade que carrego dentro de mim. Eu não posso fazer pipoca, porque fico muito ansiosa esperando os milhos começaram a estourar. Cara, meu pé não para, rodo aquele bagulhinho que tem na pipoqueira umas 50 vezes por segundo para ver se as coisas funcionam mais rápido, mas nada muda e aquela droga não estoura. E de microondas então? Nooooooooooooooooossa… É a morte! Sou uma boa cobaia para estudos psiquiátricos, não sou? Nãããããããooooo…. (vai milhinho, vai!)

E os projetos futuros então? Eles nunca acontecem no presente, são sempre futuros. Ruim isso! Tô com a ideia de um site há meses, quase ano, se é que já não passou. O negócio ficará show de bola! Não peço para esperar para ver, porque pode dar uma canseira. Então fica de boa aí, levando a vida suaaaaaave que um dia posto aqui ou mando e-mail ou ligo ou grito ou twitto ou orkuto ou facebuko, qualquer coisa.

E já começo a me preocupar com o TCC. Tenho dois temas em mente, mas só na mente. Preciso dividir com alguém mais, ouvir dicas e sugestões, opiniões. Não vou contar quais são eles, porque não sei quantos leem esse blog, até onde ele pode chegar e prefiro deixar o bicho começar a pegar para falar sobre isso com você, caro leitor (momento Machado de Assis).

E adivinha só! Choveu pacas! E onde eu estava? Na rua, é claro? A caminho do curso de espanhol. Cheguei lá com o pé como um aquário, só faltou cair peixinhos quando tirei o tênis. Porra, São Pedro, vai à merda, cara! Implicou comigo, é, bicho?! É eu por o pé para fora que pronto: CABRUMMMM!!! Água! Parece desenho do Pica-pau que tem uma nuvenzinha seguindo a pessoa… É do Pica-pau mesmo? Não lembro!

 

OBS:  Esqueci de contar que ontem até dei carona para um cara em meu guarda chuva. São Pedro está me forçando a conhecer pessoas novas! Mas não precisa, eu sou legal! Dei umas duas ou três informações no ônibus e no metrô, até puxaram papo comigo. Tá vendo, mano Pedro, PARA!

OBS2: Tirei 96,5 na prova de espanhol. Ahhhhhhhhhhh, muleke! Arrasei, diz aí! (Tá bom, deixa eu me achar um tiquinhp só, vai!)

OBS3: Para você que não entedneu nada do título, ele é uma mistura dos temas desse post.