Ôôôôô, Palestrina eu sôôôôô!!!!!

Pronto… Ingressos comprados! Cíntia, Flávio e eu vamos ao jogo do Palmeiras no Palestra Itália (Setor Visa, para começar a história e vida em estádios). Será o primeiro jogo meu e da Cí. O Flávio é são-paulino e vai nos acompanhar. Sabe como é? Os estádios são perigosos hoje em dia!

Mas não foi fácil comprar os ingressos. Na verdade foi bem fácil, porém estavamos tentando fazer outras coisas.

Primeiro fui até uma loja da TIM na Paulista e tentei comprar, mas lá só tinha arquibancada e queríamos Cadeira Descoberta. Então fui para a Barra Funda de ônibus e andando até o Palestra. Chegando lá, no que fui comprar, a moça disse que eu não poderia comprar para os meus amigos, só para pai, mãe irmã etc. Liguei para a Cí e ela disse que veria com o Flávio para ver se ele poderia comprar para o Setor Visa pela internet. Dois minutos depois ela ligou avisando que ele não podia falar. Então, acendeu-se a luz da lâmpada maravilhosa em minha cabeça: Putz, eu tenho Visa! Avisei a Cí e fui o mais rápido possível para a Osesp.

Chegando lá, liguei o computador e rapidamente fiz meu cadastro, escolhi as cadeiras e pronto: três lugares lindos no Palestra!!! Dessa vez não tem problema gastar um pouco mais para ter “conforto” e “tranquilidade”.

Tô que não me aguento de felicidade…

Me senti em casa vendo aquela fila enorme de palestrinos na bilheteria do estádio. Mas pensei comigo mesma: “São 11 horas da manhã e esse pessoal está aqui comprando ingresso?! Ninguém tem mais o que fazer não?”

E falando em Palestra, ontem vi o jogo pela Globo, ouvi pela CBN (locução do Deva Pascovicci) e fui comentando pela internet no chat da CBN e no Twitter. Acabou que durante o jogo o Deva falou três vezes meu nome (paula.palestrina) e no final falou tudo o que eu tinha escrito, ou seja, que foi a primeira vez que tinha participado do chat, que tinha gostdo bastante, voltaria sempre e que sábado estaria no Palestra. E ele agradeceu também!!! Fiquei super eufórica, parecendo criança em dia de festa no playground.

Além disso, para começar o dia, estabeleci quatro metas a serem cumpridas durante o dia. Primeira: passar na PUC e pegar meu comprovante de matrícula. Segunda: ir para a Osesp e trabalhar até ficar louca. Terceira: ir no Via Funchal comprar meu ingresso para o show do Beirut (comprei, ahhhhhhhhhhhhhhh…). Quarta e última: ir para casa sã e salva morrendo de fome e cansaço.

De brinde ganhei uma palestra com o doutor Drauzio Varella sobre qualidade de vida e gripe suína. Sim, todos nós morreremos! Brincadeirinha!!!

Nossa, cansei só de lembrar tudo isso!!!

OBS: Tô só o pó, mas bem, bem contente…