Quando o corpo pede socorro

O que mais me apavora é quando o corpo começa a ter calafrios, dores inexplicáveis, cabeça pesada 24 horas, vontade de chorar e vários outras coisas que não conseguimos curar em 15 minutos com um comprimido x.

A lista de afazeres não diminui quando estamos doentes. Uma outra Paula não assume o posto. Bem que poderia, né?! E ela seria muito mais eficiente também. Assim, eu ficaria super tranquila. Hehehehe…

Enquanto essa maravilha de invenção não é colocada em prática na realidade linda da pós pós modernidade, remédios humanos, chás humanos e edredons humanos para encontrar a cura.

Anúncios

Um dia em família…

Mais um dia suuuuuper empolgante dormindo aqui e acolá, com cara de morta, zumbi dos infernos…

Mas no final do dia, fomos ao shopping procurar uma camisa para minha irmã. Ela tem o problema de não encontrar coisas legais por causa do tamanho, um pouco grandinho. Eu tenho a facilidade de poder até comprar roupa de criança, tamanho 16, por causa do tamanho, um pouco pequeninho. Mas ambas tem um problemaço em achar tênis, ela por calçar 38 e eu por calçar 34/35. Que saco!

Enfim, ela achou a camisa na quarta loja em que entrou. Ufaaa! E eu vesga de dor e de fome. Tava trash, literalmente! Mas de qualquer forma, comemos uma pizza meio doce no Habib’s (que significa querido amigo), suquinhos e uma taça Habib’s com sorvete, chantilly, castanhas, calda e aqueles canudinhos que são uma delícia.

Detalhe: fomos para o shopping Interlagos andando e voltamos para casa andando. Meu papis tá sem carro que foi para o concerto. Tadinho, tá velhinho já e nem temos bufunfa para comprar outro. É muito caro carro nesse país e olha que meu pai tem desconto por ser taxista.

Meu protesto: Diminuí o imposto aí, presidente!

 

OBS: Como pode perceber, nada muito divertido hoje. Parece que estou na lua, tudo bem devagar, tô surda, meio cega, com o tato nota zero. Ei, o que estão dando para mim???

Cama, cama, cama…

Tive um dia extremamente agitado hoje. Dormi, tomei remédio, comi, dormi, tomei remédio, comi… E coisas do tipo como comer, dormir e tomar remédio.

Valeu pelas ligações, pessoal! Aos poucos vou melhorando, mas vai demorar alguns dias ainda.

Cara, não tem nada para contar e nem para tirar sarro dessa vez. Só posso dizer que a tv tá uma merda gigante. Não tem nada a tarde, nem a noite, muito menos de manhã, tirando os desenhos. Mas nem vi muita tv por causa da dor nos olhinhos. E tô com dívidas com meu avô. R$ 40 em remédio. Que caro, meu Deus! Não dá para ficar doente nesse mundo, não!

Planos para os dias seguintes: Ir no clínico geral e no neurologista. Que delícia! Ah, e sobreviver também é outro plano!

Detalhes engraçados: O remédio para enxaqueca pode dar enxaqueca entre outros muitos efeitos colaterais, assim como o para alergia pode dar alergia. Então porque me drogar dessa forma? Vou viver numa tribo, já decidi. Hahaha… Viver de ervas! Vixi!!!

 

OBS: Prepare-se para possíveis posts curtos. Sabe como é, doença significa mais lerdeza, menos aventuras por São Paulo e menos graça nessa rotina estranha e corrida. Mas estou viva ainda!

OBS2: Beijomeliga agora mais do que nunca antes que eu parta dessa para melhor. Hehehe…

Enxaqueca, alergia e gripe. Tá bom ou quer mais?

Descobri porque tanto desanimo. A saúde tá mals. Tô bem podre por dentro!

Ontem dormi tarde pacas por causa do trabalho do Priolli. Resultado: Escrevi tudo no computador ontem, mas ele quer que entregue manuscrito (merda), então comecei a passar a mão durante a aula dele. Não deu tempo. Ele deixou entregar aula que vem. Ganhei mais dor de cabeça.

Fui trabalhar, normal, mas a dor nos olhos (dor nos olhos? isso mesmo, no fundo dos olhos e, quando eu apertava um pouco, doia mais) aumentou. Até que fiquei bem mal. Minha chefinha me dispensou e fui para o Pronto Socorro. Quase duas horas para ser atendida. Gente chorando, gritando nervosa por causa do atraso no atendimento (sempre tem um idiota gritando. cara, aquilo é um pronto socorro e tem gente passando mal. grita longe não lá dentro), gente chorando. É desolador! Mas enfim, me chamaram: “Paula Gomes”. Odeio quando me chamam assim. Não tem a droga do Cabral no meio? Então me chame de Paula Cabral Gomes. Meu nome já é pequeno. Então entrei e a consulta durou uns 2 minutos. Ou seja, uma hora e quarenta minutos equivale a um atendimento de dois minutos. Resultado: “Você tem enxaqueca, alergia e início de gripe”. Mais alguma coisa? Porque acho que também posso ter dengue, meningite, pneumonia e uma leve caxumba. Diagnóstico bem amplo. Enfim, remédios…

Chorei o dia inteiro de desespero por em menos de um mês estar doente novamente e ter que faltar no trabalho (não gosto disso, é péssimo), na faculdade e ficar de cama dependendo dos outros. Odeio!

Espero que as coisas melhorem, porque assim não dá!

Beijo carinhoso para todos que me ajudaram e se preocupam comigo…

Agora preciso de boas energias e rezas para ficar 100% até o final do ano no mínimo.

 

OBS: Esse final de semana ficarei em casa me recuperando, então agradeço todos os convites para ir ao teatro e outros lugares. Obrigada

OBS2: Mãe, você é incrível. Melhor mãe do mundo! Tudo ficará bem, querida!

Cedo, cansada e sem coragem

Um post, a essa hora da manhã?! Sim, a essa hora! E sabe por quê? Porque acordei às 5h da madruga, me arrumei, sai de casa, esperei o ônibus no ponto, ele demorou, desencanei e voltei para casa. Ainda sinto uma tonturinha leve, mas chata pra cacete. Incomoda demais!!!

E o que fui fazer? Comer pão torrado com margarina, gravar alguns mp3s em cd para livrar o computador, baixar mais músicas, ver e-mails, postar algo no Twitter que ficou mais abandonado que cachorro… sei lá… na mudança não pode ser porque não deixei o Twitter perdido, mas sim abandonado. Enfim, preencha esse ditado nem um pouco popular como preferir. Hahahaha…

Agora é torcer para que minha cabeça volte a funcionar da mesma forma de antes, porque tá difícil de me agradar nesses posts diários nesse maravilhoso blog. Caro leitor, não sei se lhe agrado, mas tenha paciência, por favor…

Enfim, vou me já, porque está pingando… Hihi… Quando falo isso, parece muito mais engraçado!

 

OBS: Zines, quem quer zines??? Mande e-mail com endereço para meu gmail. Está aqui do lado direito. Aqui ó! Tá vendo??? >>>>>>>

OBS2: Aiai… [suspiro]

Menos tonta…

Confesso que ainda não estou 100%, mas tô melhorando. Estou escrevendo sem olhar para a tela por muito tempo, ainda fico meio tonta. Estou concentrada no teclado, ele não me faz rodar, rodar, rodar…

Hoje foi dia de almoço na casa da vóvis e do vôvis. Sempre bom. Comi pouco, tô emagrecendo algumas gramas a cada dia, mas daqui a pouco volto ao peso normal.

E conheci a pequenina filhota da vizinha. Um graça! Khadija, você é uma gracinha, pequena!!! Pois é, vizinhos da vóvis que viveram junto com a gente tudo de bom e de ruim. Como as pessoas se unem, não é?

 

OBS: Minha cabeça foi extremamente afetada, por isso a demora em postar os textos faltantes e em postar coisas legais e muito mais divertidas. Então, peço desculpas por, talvez, decepcioná-lo, caro leitor!

OBS2: Amanhã tento voltar à ativa.. Beijocas

Sorry…

Querido(a) leitor(a),

Sei que estou em dívida com você, mas estou bem tonta hoje (mais do que o normal, eu garanto. Bem mais!). Tava enjoada pacas ontem e ainda não passou, então, quando eu melhorar, subo os dois textos faltantes: o de quarta e o de quinta.

Beijocas especiais