Merda!

Essa foi a palavra mais light do meu vocabulário de palavrões que utilizei hoje, falando-as de forma bem alta ou em pensamento.

Outra curta e grossa que sempre uso é c*! Ou *u! Se preferir!

Mas enfim, meu mau humor está me irritando e adoraria me mandar para outro lugar.

Desde manhã estou ouvindo Lisa Hannigan (se não conhece, o problema é exclusivamente seu, pois já devo ter falado ao sobre ela aqui, nesse pobre e abandonado blog. Se já ouviu, e daí…) para ver se me acalmo, mas acho a cada hora que passa que nada adianta.

O que me assusta é que vou pegar metrô e não queria socar as pessoas, sabe! Não é normal eu fazer isso, mas se for preciso, nessa situação em que me encontro, é isso que alguns ganharão nesse dia “maravilhoso”.

Coisas menos ruins do meu “lindo” dia 16 de abril de 2009:

– Consegui falar com algumas pessoas responsáveis por restaurantes antigos de São Paulo e inclusive já marquei uma entrevista;

– Tinha comida em minha bolsa naquela hora em que bate aquela fome dos infernos, por isso, estou menos brava do que deveria estar;

– Faltei na faculdade e dormi até às 11 horas;

– Almocei em casa.

Não vou enumerar os pontos ruins, porque não cabem todos aqui.

 

OBS: Melhor me tratar bem durante esses dias, se não o bicho vai pegar, entendeu?

OBS2: TPM do car****!

Odeio!!!

Hoje começa aquela fase do mês em que odeio tudo e todos, mesmo ninguém tendo a ver com isso… Minha sorte é que a Páscoa foi domingo passado e tem muito chocolate em casa para tentar melhorar meu humor.

Gritei com minha mãe dizendo: Tem chocolate, droga!!! Vou explicar: só queria dizer para ela que ganhei chocolates da minha chefinha e que adorei muito e gostaria que eles comessem também. Será que ela entendeu?

Meu time jogou e empatou com o Sport no Palestra. Cara, nunca entenderei o Palmeiras e nem vou tentar hoje. Tô puta!

Antes que eu estrague meu relacionamento com meus leitores, paro por aqui.

 

OBS: Beijonãomeligaporqueestoubravademaisparafalardireitocomalguém